Notícias
Publicado em 02/12/2019

"Há uma burocracia para colocar o dinheiro da maneira correta", afirma Marcos Pontes

Há uma burocracia para colocar o dinheiro da maneira correta”, afirma Marcos Pontes

Em entrevista do jornal O Globo, o ministro da Ciência e Tecnologia diz que ainda há um “buraco” no orçamento de 2020 da verba de fomento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

O contingenciamento de 42% das verbas do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) prejudicou a realização de programas da pasta, admitiu o ministro Marcos Pontes, em entrevista ao GLOBO. Além disso, ainda há um “buraco” no orçamento de 2020 da verba de fomento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Pontes anunciou seus próximos planos para o ministério, como o lançamento de um edital de segurança cibernética e a instalação de sistemas de monitoramento de barragens no centro que monitora possíveis desastres.

De acordo com o ministro, o centro de lançamento de foguetes de Alcântara, no Maranhão, começará a render recursos para o programa espacial. O investimento em satélites, por exemplo, será uma estratégia para aumentar a soberania nacional. Pontes nega a existência de conflitos com populações quilombolas que moram perto da base e teriam de ser removidas. Segundo ele, os moradores vão querer participar do desenvolvimento sustentável da região.

Leia na íntegra: O Globo





 
Esplanada dos Ministérios Bloco "E" Subsolo - Brasília - DF - CEP: 70067-900
(61) 2033-7680 ou 7483 - e-mail: asct@mctic.gov.br  
Horário de Funcionamento: 08:00 ás 17:00
site: www.asct.org.br